Casal Gastronomico - O lanche feliz brasileiro que o McDonald´s não quer mostrar
O lanche feliz brasileiro que o McDonald´s não quer mostrar



Quer um tradicional prato brasileiro de arroz com feijão enquanto está no país pela Copa do Mundo? Vá no McDonald´s.

Depois que os funcionários que rejeitaram o cardápio regular de hambúrgueres e batata frita nos intervalos do expediente apresentaram uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho, a operadora local dos restaurantes do McDonald´s foi obrigada a fornecer pratos mais sintonizados com a cozinha local.

Embora essas refeições não apareçam nos cardápios atrás do balcão dos 816 McDonald´s de todo o país sul-americano, elas também estão disponíveis para os clientes. É só pedir para ver os "pratos executivos".

Com 35.429 restaurantes em 119 países, o McDonald´s tem oferecido comida adaptada aos gostos locais há tempos, do McKafta no Egito ao Filet O Shrimp no Japão e o hambúrguer McVeggie na Índia.

Ainda que as opções brasileiras sejam mantidas em segredo, elas estão à venda no intuito de evitar as críticas de que o restaurante esteja servindo refeições especiais aos funcionários que os clientes não podem comprar.

"As refeições de arroz com feijão matam mais a fome", disse Tamires Honorato, atendente de 19 anos em um restaurante do McDonald´s em Barueri, perto de São Paulo, em uma entrevista. "E são mais parecidas com o que comemos em casa. Ninguém come lanches todo dia".

Não é só no McDonald´s que o arroz com feijão é a refeição preferida. O restaurante Maní, de São Paulo, cuja chefe de cozinha Helena Rizzo foi nomeada a melhor chefe de cozinha mulher do mundo neste ano pela revista britânica "Restaurant" por pratos como a bochecha de boi com purê de taioba, de R$ 78 (US$ 35,20), também serve arroz com feijão aos funcionários.

Hambúrgueres
"Sempre temos que oferecer o feijão com arroz", disse Giovana Baggio, sócia administradora do restaurante. "Se não os funcionários reclamam".

A lista de pratos executivos do McDonald´s, que fica escondida embaixo do balcão a menos que seja solicitada, é igual ao cardápio regular, incluindo o logo da empresa no topo. Além do arroz com feijão, cada refeição vem com a opção de frango, peixe ou carne bovina (os mesmos hambúrgueres servidos no cardápio regular); uma salada; água ou suco; e uma maçã de sobremesa.

Em São Paulo, a refeição custa R$ 23, R$ 4 a mais que uma promoção de Big Mac.

Em 2012, um termo de ajuste de conduta com o Ministério Público do Trabalho feito para resolver uma investigação de seis anos exigiu que a operadora do McDonald´s, a Arcos Dorados Holdings Inc., fornecesse refeições tradicionais sem custo a seus funcionários para poder solicitar a redução do imposto de renda.

A denúncia original do sindicato que representa 30 mil funcionários do McDonald´s no Estado de São Paulo disse que os Big Mac e os demais alimentos que lhes eram oferecidos para os intervalos não eram saudáveis.

Ganho de peso
"Temos a filosofia de sermos sempre muito transparentes, então também servimos para o cliente o que servimos internamente e vice-versa", disse Ana Apolaro, diretora de Recursos Humanos da unidade brasileira da Arcos Dorados, a maior operadora de McDonald´s no mundo, com sede em Buenos Aires, em entrevista no dia 17 de abril.

"Mas os pratos de arroz com feijão não fazem parte da nossa estratégia de marketing. Com certeza você não vai ver propaganda na TV sobre eles".

O McDonald´s já teve problemas com Big Mac e batata frita. Em 2010, um tribunal do Estado do Rio Grande do Sul ordenou que a Arcos Dorados pagasse US$ 14 mil a um ex-gerente que disse ter ganhado cerca de 30 quilos em uma década enquanto trabalhava em um McDonald´s e comia seus sanduíches, de acordo com documentos do tribunal.

O governo prevê que 600 mil turistas estrangeiros assistam aos jogos da Copa do Mundo, programados em 12 cidades brasileiras no período entre 12 de junho e 13 de julho.

Como um dos oito patrocinadores oficiais dos jogos, o McDonald´s criará sanduíches com ingredientes para homenagear os países participantes, como a Itália e a França, e patrocina um concurso para que crianças entrem no campo com os jogadores no começo dos jogos.

Fonte: UOL

abs!



Degustadoo às 18:34:21 de 13/05/2014 por André Luis Suaide - views: 55.258 | clicks: 1.578 Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Compartilhe no Orkut  Compartilhe no Google  Compartilhe no Google Buzz  Compartilhe no Delicious  Compartilhe no Windows Live  Compartilhe no MySpace  Compartilhe no Digg


© Copyright 2011 Casal Gastronômico. Todos os Direitos Reservados.